Letras Web
Filii Nigrantium Infernalium

A Era Do Abutre

Filii Nigrantium Infernalium

7 acessos

A era do abutre abre os seus portões
De gelo, tormenta, trovão...Eu chamo a noite, sombras..., mil sobras violam
A puta virgem... A execução, em gargalhadas de aço e
Sangue, abraça a noite negra
Opressão, Tirania...Triunfará o mais forte
E nós, demónios, chupamos sangue:Fome de carne, fome de dor!E feiticeiras em escarlate
Coroam-me senhor (princípe da dor)infernal
O mal avança, chicote do espírito
Matéria, carne, monarca
Tiamat:Faz tremer o todo, Marte... Deus da guerra total(sempre Imperial)Os meus olhos, o meu sangue;O voo do abutre...


Top Letras de Filii Nigrantium Infernalium

  1. Herança De Outono
  2. A Era Do Abutre
  3. Moira
  4. Bordel No Éden
  5. Cães De Guerra
  6. Calypso
  7. Morte Geométrica
  8. Azur
  9. Inverno, Trono Inverno
  10. Abadia Do Fogo Negro

Pela Web