Letras Web
Filii Nigrantium Infernalium

Cães De Guerra

Filii Nigrantium Infernalium

6 acessos

Ventos de tormenta arrastam o horizonte
Rumo ás águas negras do demo Caronte
Mortem fulget - Fiat lux!
Guerra...

Voltou da batalha banhado em sangue
Do baptismo cordeiro, a orgia, a cruz
A hora de Cronos, o triunfo da dor

Carne arde (tarde) - Deuses, cães de guerra

Com cinzas forjei o rumo da seiva
Apocalypse, luz infernal
Fui eu o anjo que matou o sol

Carne arde - é tarde...
Deuses, cães de guerra!
Matança. Matança. Matança


Top Letras de Filii Nigrantium Infernalium

  1. Herança De Outono
  2. A Era Do Abutre
  3. Moira
  4. Bordel No Éden
  5. Cães De Guerra
  6. Calypso
  7. Morte Geométrica
  8. Azur
  9. Inverno, Trono Inverno
  10. Abadia Do Fogo Negro

Pela Web