Letras Web

Paramount quer grande diretor para cinebiografia de Bee Gees

Projeto deve receber sinal verde em breve.

Por Rodrigo Duarte
16/02/2024 às 18:11
publicado em Notícias

A Paramount Pictures estaria iniciando as negociações para ter o diretor Ridley Scott no comando da cinebiografia de uma das bandas mais influentes das últimas décadas, o Bee Gees. As informações são da Variety, que indicam ainda que o projeto deve ganhar sinal verde em breve, já que está circulando há um bom tempo.

Paramount quer grande diretor para cinebiografia de Bee Gees

Ridley Scott já concorreu ao Oscar de melhor diretor por “Thelma & Louise” (1991), “Gladiador” (2000), “Falcão Negro em Perigo” (2001) e “Perdido em Marte” (2015). Outro destaque de sua carreira foi “Blade Runner: O Caçador de Androides” (1982). Seus trabalhos mais recentes são os filmes “Casa Gucci” (2021), “Napoleão” (2023) e “Gladiador 2”, que estreia neste ano.

Além de dirigir o filme, o estúdio também estaria trazendo Scott para a equipe de produção ao lado de Graham King. O roteiro da cinebiografia está a cargo de John Logan, que já trabalhou com o diretor em “Gladiador”. E, como de costume neste tipo de trabalho, a equipe deve ter na produção Barry Gibb, que é o único integrante da banda que ainda está vivo.

Paramount quer grande diretor para cinebiografia de Bee Gees

Um dos primeiros nomes que acabaram sendo cogitados para assumir a direção do filme foi Kenneth Branagh. Mas ele se desligou do projeto e foi substituído por John Carney em 2022, que acabou abrindo mão do trabalho também por conflitos de agenda. No mesmo ano, Lorene Scafaria assumiu a direção no mesmo ano, mas também precisou se desligou posteriormente.

A banda Bee Gees era formada pelos três irmãos australianos Barry, Robin e Maurice Gibb. O primeiro disco do grupo foi lançado oficialmente no ano de 1965, e rapidamente acabaram transformando os três em ícones dos anos 60’s e 70’s, especialmente a partir do terceiro disco, lançado em 1967.

Eles são considerados os terceiros artistas mais bem sucedidos na história das paradas da Billboard, atrás apenas dos Beatles e das The Supremes. O disco “Saturday Night Fever” rendeu quatro Grammys em 1979, sendo o mais premiado do grupo.

Últimas notícias

As mais acessadas