Letras Web
Dezembro Negro

Futuro

Dezembro Negro

4 acessos

Tira essa roupa de bom moço
Tem tanta coisa pra se viver
Depois de um tempo é que se percebe
Como é bom chorar
Depois da vida não tem volta
Depois da vida não tem volta

Seja feliz como ninguém
Já que ninguém pode deter
Tudo o que é seu vem para ti
E é só abrir o presente

Chega de achar que não tem jeito
Chega mais perto, junto de si
Todo esse fogo dentro do peito
Um dia vai ter que queimar
...e o frio que arde boca à fora
...e o frio que arde boca à fora

Seja feliz como ninguém
Já que ninguém pode deter
Tudo o que é seu vem para ti
E é só abrir o presente

Sei do gosto desses dias
Sei da paz que isso te dá
Sei do amor pelo precipício
Mas doi bem menos saber voar
Tira essa roupa de bom moço e...

Seja feliz como ninguém
Já que ninguém pode deter
Tudo o que é seu vem para ti
E é só abrir o futuro


Top Letras de Dezembro Negro

  1. Vídeos
  2. Vício
  3. Futuro
  4. Espelho Quebrado
  5. Houve um Tempo

Pela Web