Letras Web
De Marte À Saturno

Canção Eterna e Tão Distante a Um Passado Naufragado

De Marte À Saturno

14 acessos

Os planos foram longe demais
Por estradas além dos limites
Da minha vida
E o que foi deixado pra tras
Chove em cima de nós
Em torrentes de mentiras
O mundo caiu como um relampago
E grita alto como um trovão
Será que voce ouvirá o meu coração
O meu coração, o meu coração

Nos meus dias as nuvens são negras
Um pedaço da verdade que me afugenta

Crianças correm no jardim
Trazendo a inocencia
Na suas almas e um perfume de jasmin
Um cheiro alegre e suave
Que nunca irei sentir
Os sons das nossas mãos
Empunhando os martelos
É tão astuto quanto o da morte
Quanto o da morte, quanto o da morte

Nos meus dias as nuvens são negras
Um pedaço da verdade que me afugenta

"...tente levantar e caminhar
Não é vergonha se sentir sozinho
Em meio à tanta gente que destroi
Entorpece obom-senso
Te põe para baixo e te corrói
Será que voce ouvirá o meu coração
O meu coração?..."

E eu já não quero mais
Entender o que não fiz


Top Letras de De Marte À Saturno

  1. Canção Eterna e Tão Distante a Um Passado Naufragado
  2. Magali
  3. Inconsequências
  4. Resistência
  5. Inverno
  6. Cinzas De Alguém Que Não Existe Mais
  7. Amanhã Assim Será

Pela Web