Letras Web
De Marte À Saturno

Resistência

De Marte À Saturno

6 acessos

Emergiram do deserto
Construções tão vis
E se fim está tão perto
Porque não fugir
Cavaleiros que flutuam
Com espadas cintilantes
Destruíram nossa causa
Pelos poderes mais errantes

Eu não posso fugir
Eu não posso ficar
Se eu terei de lutar
Não me pessa pra sorrir

Como as flores do deserto
Eu tento resistir
Às batalhas mais incertas
Como antes nunca vi
A tua fé que te consola
Já não serve mais pra mim
Olhe bem pra suas costas
Não deixarão voce mentir


Top Letras de De Marte À Saturno

  1. Canção Eterna e Tão Distante a Um Passado Naufragado
  2. Magali
  3. Inconsequências
  4. Resistência
  5. Inverno
  6. Cinzas De Alguém Que Não Existe Mais
  7. Amanhã Assim Será

Pela Web