Letras Web
Osvaldo Borgez (OZ)

Encantos de Sereia

Osvaldo Borgez (OZ)

5 acessos

Nasci na terra da serra que chora,
nas cachoeiras vivo a me banhar.
Entre as pedras recolho as estrelas,
são do céu, levo até o mar.

Em minha saia azul tem flores belas,
tem ouro, jóias, que trago de lá.
Canto e danço nas voltas do tempo
e as estrelas espalho ao vento.

Ventou, choveu, mamãe a chamar.
Trovejou, vou eu, pra casa voltar.

Canto e danço aqui na areia,
giro a saia pra mostrar
meus encantos de sereia, mamãe.
Ora, iê, iê, Oh Dociá.

Ora, iê, iê
Ora, iê, iê, ô
Ora, iê, iê,
Oh, Dociá.

Top Letras de Osvaldo Borgez (OZ)

  1. Encantos de Sereia
  2. Boal
  3. Estrada Real

Pela Web