Monetário e Financeiro

O Sem-Terra

Monetário e Financeiro

Esse povo não tem onde ir, é a vergonha da nossa nação
Da cidade precisa sair, não tem como voltar pro sertão
O sem-terra precisa de terra, pra plantar arroz e o feijão
Na cidade, lhe falta um emprego, pois não tem um diploma na mão
O desgosto de um pai de família, que às vezes parte o coração
É de ver o filho querido virar traficante ou bandido
Correndo perigo de ir pra prisão

Dá a terra para o povo plantar
O sem-terra precisa morar
O sem-terra precisa viver
Ele não quer morrer
Ele não quer matar

Essa gente de calos nas mãos, não quer a guerra e sim trabalhar
Querem só um pedaço de chão, pra família poder sustentar
O sem-terra vivendo na terra, a fartura na certa virá
Produzindo mais alimentos, só assim o país vai mudar
Já pedi pra Deus nas alturas, os governantes ele iluminar
Quem ajuda um irmão, Deus ajuda
E apoiando o Brasil dispara a reforma agrária que vai nos salvar

Curte essa música? Espalhe nas redes sociais!

Recomendado para você

Curtiu? Deixe seu comentário!