Monetário e Financeiro

Um Campeão Em Barretos

Monetário e Financeiro

Na cidade de Barretos, foi que o fato aconteceu
Foi na festa de peão, o povão se comoveu
Essa história é verdadeira, quem me contou já morreu
Um boi com nome Trovão aí nesta festa apareceu
Não tinha nenhum peão, ai, pra parar no tombo seu
Assassino e sangüinário, esse boi já matou vários
O pior que já nasceu

Terceiro dia de festa, não havia vencedor
Foram mais de cem peões que o Trovão derrubou
O locutor do rodeio no momento anunciou
O troféu fica em Barretos, se não tiver ganhador
Mas o campeão dos peões aí naquela hora chegou
Ele veio de Goiânia, pra mostrar sua fama
Pra mostrar seu valor

A rainha do rodeio era uma flor de menina
Paulista de sangue puro, era fã de Campinas
O campeão olhou fundo com o olhar da grã-fina
O peão falou sem medo, "vou cumprir com minha sina"
Vou derrubar esse boi com proteção divina
Vou ganhar a premiação
E quem sabe o coração da morena de Campinas

Goianinho corajoso, na vida nunca perdeu
Quando viu o boi Trovão na sua frente tremeu
Cara a cara com a morte a sorte que Deus lhe deu
Paulistinha apaixonada um bilhete lhe escreveu
"Se ganhar essa parada vai ganhar um beijo meu"
A platéia aplaudiu quando a porteira abriu
Aí foi que o tempo escureceu

Não passou de dez segundos de perigo e emoção
A platéia delirou quando o boi caiu no chão
O peão falou sorrindo com seu chapéu na mão
"Quero ganhar o meu beijo, promessa é devoção"
"Vim de longe pra dar fim aí na fama do boi Trovão"
Mas como o destino é fatal,
Num descuido o anima, ai
Lhe atacou na traição

A chifrada foi certeira, seu coração atingiu
Goianinho foi ao chão, já sem vida ele caiu
Sua amada em desespero, chorando se despediu
"Quero beijar sua boca", sua promessa cumpriu
O peão já estava morto, de contar já me arrepio
Esse é o fim de mais um drama
Morre o homem e fica a fama
O campeão pro céu partiu

Curte essa música? Espalhe nas redes sociais!

Recomendado para você

Curtiu? Deixe seu comentário!