Letras Web

Paixão de Aço

Lam Parkinson

7 acessos

Rodo sempre como um louco esperando, me esconder dos teus braços
Como rede de uma nau desenrolada lenta vem, diminuir meu espaço

Se eu me jogo em uma grande multidão na rua, eu sempre encontro você
E no raiar do dia na esquina de mãos dadas juntos, dividindo prazer
Que paixão de aço, que alimentamos
Uma festa louca que já dura anos; não tem um porque!
Quando eu te conheci pela primeira vez
Já tinha te visto muito na televisão

Mais não sabia que esse tipo de amor era devastador
Uma mistura inútil de hipnose e muita dor

Top Letras de Lam Parkinson

  1. Visita
  2. Extinção Lógica
  3. Tarja
  4. O Livro
  5. Paixão de Aço
  6. A Joia Rara
  7. Tomando Cuba