Letras Web
Jethro Tull

Wond'ring Again (tradução)

Jethro Tull

21 acessos

Há o silêncio da morte em um mortal mar sem vida,
E o mágico mundo do automóvel há muito deixou de existir,
Quando a maçã mordida por Eva voltou para destruir a árvore.
Incestuoso tour de ônibus pela ascendência,
Desovando novos milhões, converte o mundo a seu favor.
Apoiando sua longínqua ilusão, a maldição nacional,
E aqueles sem sanduíches, favor descer do ônibus.
As bolhas de excrementos,
As decadências gosmentas do século
E os lacaios de lavagem cerebral do governo
Nos fariam dizer:
Está tudo sob controle e em breve tomaremos nosso caminho
Rumo a um célebre ano para bebês e jogos de quiz
Dos milhões de famintos que continuarão sendo vocês.
Os recursos naturais estão diminuindo e ninguém envelhece,
E aqueles sem casa, favor cavar seus próprios buracos.
Vagamos por terras quietas, sentimos os primeiros ares de neve.
Procuramos o último pombo - cinza escuro, me disseram.
Ela tropeçou em um narciso por sua pressa esmagado, o ouviu suspirar,
E o deixou a morrer.
Sentiu na hora o remorso e comoveu-se com a perda de um semelhante,
Segurou a pobre cabecinha quebrada em suas mãos,
Deixou cair leves lágrimas na neve,
E é somente o encanto que faz de você o que você é.
Pensando alto, irá um dia um filho nascer?
Para ser partilhado em nossa infância,
Na mesma trilha que quando crianças cruzamos?
Na solidão do envelhecer desta Terra, a qual nosso nascimento surpreendeu,
Abriremos seus olhos.

Letra original

There's the stillness of death on a deathly unliving sea,
and the motor car magical world long since ceased to be,
when the Eve-bitten apple returned to destroy the tree.
Incestuous ancestry's charabanc ride,
spawning new millions throws the world on its side.
Supporting their far-flung illusion, the national curse,
and those with no sandwiches please get off the bus.
The excrement bubbles,
the century's slime decays
and the brainwashing government lackeys
would have us say
it's under control and we'll soon be on our way
to a grand year for babies and quiz panel games
of the hot hungry millions you'll be sure to remain.
The natural resources are dwindling and no one grows old,
and those with no homes to go to, please dig yourself holes.
We wandered through quiet lands, felt the first breath of snow.
Searched for the last pigeon, slate grey I've been told.
Stumbled on a daffodil which she crushed in the rush, heard it sigh,
and left it to die.
At once felt remorse and were touched by the loss of our own,
held its poor broken head in her hands,
dropped soft tears in the snow,
and it's only the taking that makes you what you are.
Wond'ring aloud will a son one day be born
to share in our infancy
in the child's path we've worn.
In the aging seclusion of this earth that our birth did surprise
we'll open his eyes.


Top Letras de Jethro Tull

  1. Aqualung (tradução)
  2. Locomotive Breath (tradução)
  3. Wond'ring Aloud (tradução)
  4. Living In The Past (tradução)
  5. Teacher (tradução)
  6. My God (tradução)
  7. My Sunday Feeling (tradução)
  8. Too Old To Rock 'n' Roll: Too Young To Die (tradução)
  9. Songs From The Wood (tradução)
  10. Fat Man (tradução)

Pela Web