Letras Web
Orfeu

O Menino é o Pai do Homem

Orfeu

13 acessos

João saiu, foi vigiar a casa do patrão
Joana foi vender o corpo na estação
E o menino zezinho vendendo balas pra cuidar dos seis irmãos

Antônio subiu, no andaime da construção civil
Enquanto ana servia um prato caro
E o menino gustinho cortando cana em seu oitavo aniversário

Menino onde cê vai com essa ferramenta nas mãos?
Menino onde cê vai com essa caixa de balas?
Menino onde cê vai com esse peso nas costas?
Menino onde cê vai...
refrão

Maria sorriu, ela atendeu o cliente quinhentos mil
Joaquim de volta pra casa desempregado
E o menino a. m. foi contratado soldado do crime infantil

Top Letras de Orfeu

  1. Tudo Novo De Novo
  2. Tudo Que o Dinheiro Não Compra
  3. O Menino é o Pai do Homem

Pela Web