Letras Web
Jorge e Mateus

Terra Sem CEP

Jorge e Mateus

68 acessos

Você dizia que eu trabalhava pra viver
E vivia só pra trabalhar
Mas meu plano era juntar dinheiro
Aposentar mais cedo
Tá aí o segredo

Tô abrindo mão de tudo
E pra nós dois eu quero
Um lugarzinho, violência zero
Dormir de porta aberta e caminhar sem medo
Perigo por lá só eu, ladrão de beijo
E aí, cê vem ou não?
Vai ser no asfalto ou estrada de chão?

Eu tô vendendo tudo
Eu facilito, eu parcelo, aceito até cheque
Troco o meu escritório numa terra sem CEP
Eu e você, duas passagens de ida
Vai ser tipo assim
Tipo vida

Eu tô vendendo tudo
Eu facilito, eu parcelo, aceito até cheque
Troco o meu escritório numa terra sem CEP
Eu e você, duas passagens de ida
Vai ser tipo assim
Tipo vida

Você dizia que eu trabalhava pra viver
E vivia só pra trabalhar
Mas meu plano era juntar dinheiro
Aposentar mais cedo
Tá aí o segredo

Tô abrindo mão de tudo
E pra nós dois eu quero
Um lugarzinho, violência zero
Dormir de porta aberta e passear sem medo
Perigo por lá só eu, ladrão de beijo
E aí, cê vem ou não?
Vai ser no asfalto ou estrada de chão?

Eu tô vendendo tudo
Eu facilito, eu parcelo, aceito até cheque
Troco o meu escritório numa terra sem CEP
Eu e você, duas passagens de ida
Vai ser tipo assim
Tipo vida

Eu tô vendendo tudo
Eu facilito, eu parcelo, aceito até cheque
Troco o meu escritório numa terra sem CEP
Eu e você, duas passagens de ida
Vai ser tipo assim
Tipo vida

Vai ser tipo assim
Tipo vida
Tipo vida


Top Letras de Jorge e Mateus

  1. Céu e Mar
  2. A Sorte Me Escolheu
  3. Contrato Vitalício
  4. Propaganda
  5. Trincadin
  6. Coração Calejado
  7. O Mundo É Tão Pequeno
  8. Duas Metades
  9. Anjo da Guarda
  10. Paredes

Pela Web