Letras Web
Jorge e Mateus

Chora Viola/ Caminhoneiro/ Ladrão de Mulher

Jorge e Mateus

314 acessos

Eu não caio do cavalo, nem do burro e nem do galho
Ganho dinheiro cantando a viola é meu trabalho
No lugar onde tem seca eu de sede lá não caio
Levanto de madrugada e bebo pingo de orvalho, chora viola!

Caminheiro

Caminheiro que lá vai indo, pro rumo da minha terra
Por favor faça parada, na casa branca da serra
Ali mora uma velhinha, chorando o filho seu
Essa velha é minha mãe, e o seu filho sou eu
Ooooooooi, caminheiro, leva esse recado meu;
Ooooooooi, caminheiro, leva esse recado meu.

Ladrão de mulher
Cachorro latiu, vou aprevenir
Ladrão de muié taí
Quem tiver muié bonita
Prepare as arma que tem
Cachorro latiu de noite
Ladrão de muié laivém


Top Letras de Jorge e Mateus

  1. Céu e Mar
  2. A Sorte Me Escolheu
  3. Propaganda
  4. Contrato Vitalício
  5. Trincadin
  6. Coração Calejado
  7. Duas Metades
  8. O Mundo É Tão Pequeno
  9. Paredes
  10. Anjo da Guarda

Pela Web