Letras Web
Jadir Oliveira

De Saltar Terra Pro Ar

Jadir Oliveira

8 acessos

Fui parido numa estância
No velho galpão do fundo
E desde os primeiros passos
Fiz do lombilho meu mundo
Minha primeira montada
Foi num petiço ruano
Que já saiu veiaqueando
Na cabeceira de um plano
E eu fui trabnçando as cambotas
Igualzito a um veterano

Não sei fazer outra coisa
Que não seja ginetear
É lindo uma contra-dança
De saltar terra pro ar
Uma toada de mango
E um tilintar de chilena
De fazer brotar sorriso
Nos lábios de uma morena

Quando eu cravo minha chilena
Na paleta de um beiçudo
Parece um tufão de vento
Que vai arrastando tudo
Quando o maula esconde o toso
Pra emborcar comigo junto
Abro a perna e saio rindo
Pois entendo desse assunto
E não é qualquer malino
Que vai me fazer defunto

Certa feita numa estância
Me fizeram um desafio
Montar um lobuno tronxo
Batizado de bugio
Mande trazer o ventena
Que com sua fama eu acabo
Cortei de mango e chilena
Do pescoço à pá do rabo
Correu notícia no povo
Que andei gineteando o diabo

Top Letras de Jadir Oliveira

  1. Pajada À Mulher
  2. Pedro Quebra
  3. Os Guri Da Tia Marina
  4. Tauras E Maulas
  5. Temporal
  6. Na Invernada Do Coração
  7. Imagens Do Alto Uruguai
  8. Pra Uma Mulher Campeira
  9. Trovador Das Três Marias
  10. De Saltar Terra Pro Ar

Pela Web