Letras Web
Gupo Teto Preto

O Avesso do Inverso

Gupo Teto Preto

7 acessos

Sobe o Morro que é bem alto
Tô atoa e não me importo
Pega o trem e vai embora
P'routras bandas sem demora

Na quebrada do outro lado
Tem madiga e tem dispacho
Pôe a vela no sal grosso
Reza o Credo e sai o encosto

Heiaaaaa
Heiaaaaa

Lá na Lua uma imagem
è São Jorge que reage
Joga a lança no dragão
Mata o bicho sem perdão

Sarandi unha de gato
Sai depressa desse mato
Essa trilha é traiçoeira
Faz perder a esperteza

Serra o arco da madeira
Já não tem mais serejeira
Sucupira amarela
Já não existe p'ressas terra

Heiaaaaa
Heiaaaaa
(solo)

Nosso terno do Reinado
"Sô Otamiro"¹ vem de lado
Comandando a cantoria
Estilando a Feitoria

"Pedra lisa que escorrega"²
Meia-noite, hora incerta
Reconhece o caminho
Que é longe e tem espinhos

Heiaaaaa
Heiaaaaa

Ferra o gado na porteira
Pôe o leite na leiteira
Sapo boi coacha no lago
Canta o galo, é madrugada

Patuá de lobo brabo
Corta o mal e o desagrado
O Avesso do Inverso
Quero saber por onde começo

Heiaaaaa
Heiaaaaa

¹ - Cidadão histórico da cidade e da Festa do Congado de Nossa Senhora do Rosário - Itapecerica - MG.

² - Significado do nome da cidade, Itapecerica vem do Tupi-Guarani e quer dizer Pedra Lisa e Escorregadia.


Top Letras de Gupo Teto Preto

  1. O Avesso do Inverso
  2. Gasolina

Pela Web