Letras Web
G.R.E.S. Reino Unido da Liberdade

Samba-Enredo 2019 - Tambores, Crenças e Costumes Afro-brasileiros - A Benção Mãe Zulmira

G.R.E.S. Reino Unido da Liberdade

9 acessos

Eu vou descer o morro espalhando axé!
Ogã toca aeee o rumpilé
Sou Reino Unido, afro brasileiro
Zulmira é mãe do meu terreiro

Olorum, meu canto é de liberdade
Eu vou enfeitar de verde e branco
A mais bela passarela da cidade
Festejar a chama e perpetuar
A alegria do Erê faz purificar
Invocar a força e a magia
Majestosa fantasia para exaltar
O Negro que nos porões sofreu cruzando o mar
Ogum guerreiro fez acreditar
Que noutro dia o sol ia brilhar
Hoje sou rei, vou festejar, vem meu povo, vem sambar

Eparrei yansã, oiá
Santa bárbara vem nos abençoar
Água de cheiro pra baiana me benzer
A furiosa faz meu corpo estremecer

Gigante é a tradição, a arte, a história
Tão viva na memória
Não há chicote que me impeça de sonhar
De bater o meu tambor, firmar ponto no Conga
Tão gostoso é feijoada, o mugunzá
Tem lundu, maracatu para dançar
Berimbau na capoeira (capoeira, capoeira)
O povo do morro não é de brincadeira
Ser negro é ser protagonista
Ter ponto de vista, não foge da luta
O Deus é pai, somos irmãos, todos iguais
Sem distinção, verdade absoluta


Top Letras de G.R.E.S. Reino Unido da Liberdade

  1. Samba Exaltação
  2. Samba Enredo 2011 - Mulher
  3. Samba Enredo 2012 - Um Menino, Um Sonho, Uma Obra, o Amor de Dom Bosco Virou Realidade
  4. O Livro - Porque No Morro o Samba É Lê Ler
  5. Construção:obra Prima da Humanidade
  6. Samba-Enredo 2019 - Tambores, Crenças e Costumes Afro-brasileiros - A Benção Mãe Zulmira

Pela Web