Letras Web
G.R.E.S. Império de Casa Verde

Lar Doce Lar

G.R.E.S. Império de Casa Verde

3 acessos

Vem meu amor, olha pra mim, sou casa verde na avenida
Fruto do morro, faço parte desse povo
Bato o pé, pois sou teimoso e não vou me ludibriar
Não me intimida, o bandido ou a polícia
Tenho o meu ponto de vista e Deus na frente a me guiar
A vida não é uma novela de casas tão belas, carrão, caviar
Quem nasce, cresce na favela não vive sem ela
É seu lar doce lar

Favela querida e tão discriminada
Refúgio de um povo sem direito a nada
É lá que eu vivo, lá é minha quebrada
Eta lugar bom que não troco por nada
Favela querida e tão discriminada
Refúgio de um povo sem direito a nada
Se for papo reto, entra na jogada
Se não é cerol, vira carta marcada

Onde nasci, onde cresci
Da onde eu tenho orgulho
As rimas com a bateria
Nóis forma o barulho
Então bota fogo no bagulho e pede uma gelada
No camarote da Império ao som da batucada
Nóis tá curtindo, nóis tá sorrindo
Chama meus mano da quebrada e também os granfino
Chama as loiras, as morenas, aquelas que roubam a cena
Se a mulher estiver solteira eu passo o pente fino

Me diz por que o preconceito com a comunidade?
Se é na favela que encontramos a felicidade
De pé descalço, o primeiro passo à bonança
E minha mãe sempre dizia "tenha esperança"
Hoje para o Brasil inteiro, direto de sampa
É carnaval, então já é, vamos cair pro samba

Vamos sim
Fruto do morro, faço parte desse povo
Bato o pé, pois sou teimoso e não vou me ludibriar
Não me intimida, o bandido ou a polícia
Tenho o meu ponto de vista e Deus na frente a me guiar
A vida não é uma novela de casas tão belas, carrão, caviar
Quem nasce, cresce na favela não vive sem ela
É seu lar doce lar

Favela querida e tão discriminada
Refúgio de um povo sem direito a nada
É lá que eu vivo, lá é minha quebrada
Eta lugar bom que não troco por nada
Favela querida e tão discriminada
Refúgio de um povo sem direito a nada
Se for papo reto, entra na jogada
Se não é cerol, vira carta marcada


Top Letras de G.R.E.S. Império de Casa Verde

  1. Samba Enredo 2014 - O Novo Espelho de Narciso. Um Delírio sobre os Heróis da Mitologia Greco-Paulistana
  2. Samba-enredo 2013 - Pra Todo Mal Há Cura... e Quem Canta Seus Males Espanta!
  3. Samba-enredo 2003 - Nhô João Preto Velho, Milagreiro e Profeta de todos os Deuses lá pelas bandas do Cafundó
  4. Sustentabilidade, Construindo um Mundo Novo
  5. Samba-enredo 2005 - Brasil: se Deus é por nós, quem será contra nós?
  6. É Festa, É Feriado, É Celebração. O Tigre Comemora Na Avenida e Exalta Seu Pavilhão São 15 Anos de Paixão
  7. Samba-enredo 2000 - Descobrimento Ou Invasão? Eis a Questão
  8. Samba-enredo 2011 - Samba Sabor Cerveja. Admirada a Milênios, a Mais Nova Sensação Nacional
  9. Samba-enredo 2007 - Glórias e Conquistas...a Força do Império Esta Na Salto do Tigre
  10. Samba-enredo 2012 - Na Ótica do Meu Império, o Foco É Você

Pela Web