Letras Web
Gabriel O Pensador

Meia idade

Gabriel O Pensador

91 acessos

Essa vida é engraçada.
Nós vivemos num dilema.
Ninguém quer morrer tão jovem;
E viver muito, é problema!

Já estou na meia idade;
Já perdi os meus cabelos.
E os dentes, que barbaridade!
Nem me olho no espelho.

Fico vendo meu avô;
Que sofre de pressão alta.
Não consegue ler mais nada;
Por causa da catarata.

Ele tem uma joanete;
E só anda de chinelos.
Por causa da diabetes;
Disse adeus aos caramelos.

Ele tem labirintite;
Gastrite e tendinite.
Artrose e esclerose.
Artrite e osteoporose.

Eu não sei o que é melhor;
Morrer jovem ou bem maduro.
Mas isso não depende de nós;
À Deus pertence o futuro.

Por isso digo moçada;
Curtam a vida um bocado.
Pois a vida depois dos setenta;
É canseira e enfado.

Morrer jovem eu não quero;
Me incluam fora dessa.
Mesmo cansado é sério;
Prefiro fazer hora extra!


Top Letras de Gabriel O Pensador

  1. O Cachimbo Da Paz
  2. Astronauta
  3. 2345meia78
  4. Muito Orgulho, Meu Pai
  5. Rap do Mensalão
  6. Chega
  7. Linhas Tortas
  8. Se Liga Aí
  9. Fé Na Luta
  10. Racismo É Burrice

Pela Web