Letras Web
Fernando Macieira

Noite de Ouro

Fernando Macieira

4 acessos

A noite quando cai,
Tira os coelhos da toca.
Os gatos esperam, na espreita,
A festa que vai começar.

Sorrisos encantados,
Brotam de um copo gelado;
Que envolve a alma
Descompassando a lucidez.

Entre uma conversa e outra,
O corpo balança pedindo uma canção,
Que vem do cavaco, pandeiro e um violão.

O surdo se compromete com a sua marcação.
E assim se faz o samba
No largo da alegria.

E toda a gente se agita,
Brincando o carnaval.


Top Letras de Fernando Macieira

  1. Apelo Ao Pai de Santo
  2. Recomeço
  3. Conselho de Amigo
  4. Noite de Ouro
  5. O SAMBA
  6. Papo de Malandro
  7. Familia Sambista

Pela Web