Letras Web
Elba Ramalho

Súplica Cearense

Elba Ramalho

27 acessos

Ó, Deus, perdoe esse pobre coitado
Que de joelhos rezou um bocado
Pedindo pra chuva cair sem parar

Ó, Deus, será que o Senhor se zangou
E só por isso o sol se arretirou
Fazendo cair toda chuva que há

Senhor, eu pedi para o sol
Se esconder um tiquinho
Pedi pra chover
Mas chover de mansinho
Pra ver se nascia
Uma planta no chão
Ó, meu Deus, se eu não rezei direito
O Senhor me perdoe
Mas eu acho que a culpa foi
Desse pobre que nem sabefazer oração

Meu Deus, perdoe eu encher

Os meus olhos de água
E ter lhe pedido cheinho de mágoa
Pro sol inclemente se arretirar

Desculpe, eu pedi a toda hora
Pra chegar o inverno
Desculpe eu pedir para acabar com o inferno
Que sempre queimou o meu Ceará


Top Letras de Elba Ramalho

  1. Bate Coração
  2. Amplidão
  3. A Natureza das Coisas
  4. Meu Passarinho Voou
  5. Bê-á-bá
  6. Nem Se Despediu de Mim
  7. A Violeira
  8. Árvore
  9. Quem É Muito Querido a Mim
  10. Prece a Nossa Senhora

Pela Web