Letras Web
Edinho Larruscain

Rio Da Madeira Vermelha

Edinho Larruscain

4 acessos

Olho pro rio que corre nestas pedras
Às vezes te perco evapora até chega a secar
Rio de margens serenas de sombras pequenas
Pequeno regato do mato que te abraça
Beleza ciliar

Tua nascente tão clara que força serena
Brilha na terra morena doce manancial
Quem vê essa imagem, pureza, não sabe a rudeza que existe em tua foz
É o rio da madeira vermelha, Ibirá-puitã

Bebem bugius, tuco-tucos, tatus e capinchos, sorros, passaredo
Imbira, espinilho, camboim,espinheira, aroeira e anjico vermelho

Mata de boa pitanga, mate na beira da sanga
E um por do sol bem bonito pra gente admirar

Água que corre no leito,
Água do leito até o mar,
Água que brota da fonte até o horizonte humilde se vai
Água que rola em meu rosto de chorar


Top Letras de Edinho Larruscain

  1. Rio Da Madeira Vermelha
  2. Encontro

Pela Web