Letras Web
DLN

Quadro Educacional

DLN

26 acessos

[Mais um menino
Perdido no quarto escuro
Da ignorância]

Homens, mulheres, crianças, brancos e negros
Condenados a uma vida, vida de miséria
A serem vítimas das diferenças sociais
São eles os tais, agora eu digo mais
Submetidos a viver
Sem casa, escola, saúde, transporte, dignidade
Ausência de igualdade
O que resta pra esse povo, Spike?
(Não resta nada,
Apenas desilusão, amargura, sofrimentos
Utopia alimentada de sonhos)
Sonhos... sonhos simples, pequenos,
Ao ver o pivete mais limpo freqüentar uma escola
Vivendo uma vida normal e saudável (sau-dá-vel)
Mas a falta de oportunidade e chances iguais
O submete a ser sempre o último
Passivamente esperando por ser atendido
Mas no entanto são poucos os que conseguem, porque
O sistema capitalista explora sua mão de obra,
Rouba sua inteligência,
E simplesmente o faz calar
Discrimina o pobre e o faz silenciar
É, o faz silenciar

(Pense no futuro das crianças
Pense no futuro)
[Talvez um dia de você ele se orgulhará]

É evidente que há tempo
O sistema já planejava isso
Somos humanos pobres,
Injustamente desvalorizados
Porque é o sistema racista
Que nos impõe essas condições
Nossa população
Se acomoda diante desses problemas
É lamentável
Não se tem consciência
De seus direitos e deveres como cidadão
Falta de informação
Mas está na hora de tomarmos consciência
De que somos a maioria e não percebemos
Que várias crianças
Não possuem casa, família, esperança
De um dia freqüentar uma escola
E dessa forma se alimentarão de sonhos e fantasias
Se tornarão delinqüentes perdidos no mundo
Porque o sistema não quer ver um garoto da periferia
Abalando a sua estrutura,
Pondo em risco seu império
Que conquistou
Com roubos, e falcatruas, e falsas promessas
Enganando pessoas inocentes
Que não tiveram oportunidade
De freqüentar uma escola
Porque vivemos num país
Onde 50% é tomado pela ignorância
Nossos políticos não investem na educação
É, pode crer que não...

(Pense no futuro das crianças
Pense no futuro)
[Talvez um dia de você ele se orgulhará]

O sistema não quer ver criança da periferia
Pobre, carente, ou delinqüente
Dentro de uma sala de aula,
Uma faculdade estadual, particular
Não, não, não, não
Ele não quer ver a parte podre do país
Estudar, se formar, ter idéias ativas
Criticar a mídia, impor seu ponto de vista
Não querem, não querem, não querem,
Nunca vão deixar
Porque o ensino e a informação
São as armas mortais para o povo pobre
Desmentir as falcatruas mostradas pela televisão
Que muitas crianças vão à escola
Sem saber o porquê
Mano Spike, por que?
(Somente para se alimentar,
Se distanciar
Dos problemas familiares
Que rodeiam o sei dia-a-dia
Passar o tempo, contar o tempo)
"A base da elite não pode ser abalada"
Mais uma teoria que tão fácil pode ser mudada
Sua estrutura é poderosa
E é tão frágil ao mesmo tempo
E esse mesmo tempo é que persiste
E que consiste na convicção
Que somos todos cidadãos de papel
Com direitos na teoria, mas na prática não
Pense no futuro, mano
Pense na educação

(Pense no futuro das crianças
Pense no futuro)
[Talvez um dia de você ele se orgulhará]


Top Letras de DLN

  1. Quadro Educacional
  2. Campinas No Ar
  3. Alerta Vermelho
  4. Parada De Primeira
  5. Seja Mais Você
  6. Vivendo Na Periferia
  7. Real Voz
  8. Face Oculta

Pela Web