Letras Web
Diego Cássio da Silva

Sobradinho

Diego Cássio da Silva

4 acessos

O homem chega e já desfaz a natureza
Tira a gente põe represa, diz que tudo vai mudar
O São Francisco lá prá cima da Bahia
Diz que dia menos dia vai subir bem devagar
E passo a passo vai cumprindo a profecia
Do beato que dizia que o sertão ia alagar
O sertão vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Adeus Remanso, Casa Nova, Sento Sé
Adeus Pilão Arcado vem o rio te engolir
Debaixo d'água lá se vai a vida inteira
Por cima da cachoeira o Gaiola vai subir
Vai ter barragem no salto do Sobradinho
E o povo vai se embora com medo de se afogar
O sertão vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia
O mar também vire sertão
Vai virar mar
Dá no coração
O medo que algum dia o mar
Também vire sertão


Top Letras de Diego Cássio da Silva

  1. O meu momento
  2. Pra sempre seu homem
  3. Cadê você
  4. Todo azul do mar
  5. Uma chance
  6. So Você
  7. Lua do Amor
  8. Não Vou chorar
  9. Loucura demais
  10. Sozinho

Pela Web