Letras Web
Darzamat

Absence Of Light (tradução)

Darzamat

16 acessos

Somente as plantas sem olhos sobreviveram
Eu perco você em meio á elas
Sozinho eu estou andando através ums vereda cheia de espinhos perdidos
Somente eu posso levar o estandarte de tristeza das pessoas
Se somente ninguém passou a borda da loucura e vida
Desde que não somente eu sou a vida,
Por mais longe lá estão também a dor e a fé
Ninguém pensa por nós
Nós estavamos em um jardim repleto de figuras
Feito de vidro, eles estavam derretendo suas mãos em fontes
Eu queria estar entre o homem
Mas eu disse lhes podres plantas sem olhos
Figuras parecem ser oficios no desespero
Eu queria estar entre o homem
Mas eu disse lhes podres plantas em olhos
Meu medo foi cheio de paixão
Eu parei minhas lagrimas
Por lá estava também muita chuva
E as figuras parecem ser ofícios no desespero
Nós somos somente sombra pálida
Na superfície colorida do céu estrelado
E nenhum mas nós limpamos memórias
Em sonhos eles parecem pretos
Todos de nós querem esquecer sobre o que faz nós maus
Chuvas de vida estavam caindo das fontes
Gosto de uvas ditosas roubou meus cães
Deitando em estradas
Eu parei minhas lágrimas por lá estava também muita chuva
E as figuras parecem ser ofícios no desespero
Vidro chuvas fontes primaveras vida mau lágrimas
sombra escuro luz tristeza choro vidro morte.

Letra original

Only the plants without eyes survived
I lost you among them
Alone I am stepping through a path full of missed thorns
Only I can carry the flag of people's sorrows
If only nobody crosses the border of madness and life
Since not only I am the life,
For beyond there are also pain and faith
No one can think for us
We were in the garden full of figures
Made of glass, they were melting our hands in springs
I wanted to be among the men
But I saw them rotten plants without eyes
Figures seemed to be officious in despair
I wanted to be among the mes
But I saw them rotten plants without eyes
My fear was full of passion
I stopped my tears
For there was too much rain
And the figures seemed to be officious in despair
We are only pale shadow
On the coloured surface of the starry sky
And no one but us clean up memories
In dreams they seem black
All of us want to forget about what makes us evil
Rains of life were falling from the fountains
Taste of blissful grapes spoiled by dogs
Lying at crossroads
I stoped my tears for there was too much rain
And the figures seemed to be officious in despair
Glass rains fountains springs life evil
Shadow dark light sorrow cry glass death


Top Letras de Darzamat

  1. Beauty (tradução)
  2. Dusk (tradução)
  3. Into The Abyss Of Forgotten Woods (tradução)
  4. Elegy (tradução)
  5. Vampiric Prose (tradução)
  6. Absence Of Light (tradução)
  7. Labyrinth Of Anxiety (tradução)
  8. Inevitable Eclipse (tradução)
  9. Beyond The World (tradução)
  10. Fistful Of Ashes (tradução)

Pela Web