Letras Web
Daniel Valente e Juliano

Na Porta do Bar

Daniel Valente e Juliano

3 acessos

Encostei meu carro na porta de um bar,
Liguei o meu som, comecei a chorar
Pedí pro garçon trazer uma gelada
E alí fiquei até de madrugada.

A mulher que amo me deixou assim,
Ela já não quer saber mais de mim
E por isso eu bebo na minha ansiedade,
Eu bebo pra não morrer de saudade
Se ela não voltar eu não saio daqui.

E se ela não vem eu vou beber,
Mas de amor eu não quero morrer
Solidão não tem graça se a paixão não sara o remédio é beber
E sem ela eu não posso ficar,
Mas comigo ela não quer falar
Então fica difícil, é por ela que eu vivo na porta do bar.


Top Letras de Daniel Valente e Juliano

  1. É Real
  2. Minha Vida de Volta
  3. Chega de Saudade
  4. Amor e Paixão
  5. Vê Se Volta Pra Mim
  6. Guerra do Amor
  7. Na Porta do Bar

Pela Web