Letras Web
Carnicero

Musa de Carne Morta

Carnicero

7 acessos

Amando uma mulher
Sem poder tocá-la
Seguindo seus passos
Obcecado

Vivendo nas sombras
Esperando o momento exato
Apaixonado

Amando-a sem ser notado

Por ser tão bela e desejada
Por uma mulher, é invejada
A alegria do dia de seu casamento
Marcado por um grande sofrimento
Vejo você sendo esfaqueada
Vejo você rolando a escada
Vejo você cair sem vida
Suja de sangue está tão linda
Vejo você no cemitério
Seu corpo sem vida está tão belo
Vejo você no caixão deitada
Vejo você sendo enterrada

Hoje eu estou aqui
Sinta! posso lhe tocar
Ficarei aqui até se decompor
Provando todo o meu amor

Tiro sua roupa fico excitado
Beijo seu corpo inanimado
Sua pele tão branca tão delicada
Sua vagina molhada esta tão gelada


Hoje eu estou aqui
Sinta! posso lhe tocar
Ficarei aqui até se decompor
Provando todo o meu amor

Agora eu tenho
Meu esperado momento
Com minha amada
De depravação gelada

Carne morta!


Top Letras de Carnicero

  1. Fixação Em Banalidades
  2. O Mal Que Existe Em Todo Homem
  3. Nenhum Prazer É Completo Quando Compartilhado
  4. Musa de Carne Morta
  5. Sete Ventres

Pela Web