Letras Web
Cancioneiro Espirita

Apascenta As Ovelhas

Cancioneiro Espirita

79 acessos

Vem sentir o que eu senti
Quando descobri que o amor é a fonte da vida
Deixa que a fonte fecunda da regra de ouro
Tesouro real num banho de luz
Te amplie a visão, te eleve a emoção
Prá que não mais confundaso amor ilusão
Que o vento arrasta
Como folhas secas caídas no chão
Deixa ouvira doce melodia poema-canção
Tangentes acordes vibrantes
Da harpado teu coração
Deixa a tua alma escutar
Doce sinfonia, a voz de Jesus
Penetrando teu ser, deixa sentir-te que és Pedro
E em quem Ele confia, o amado, a pedra angular
Deixa a tua alma escutar:
- Pedro, tu me amas?
- Sim Senhor, Tu sabes que Te amo
- Apascenta os meus cordeiros;
- Simão, tu me amas?
- Sim Senhor, Tu sabes que Te amo
- Apascenta as minhas ovelhas. Simão, é
necessário repetir. eu sei que me negarás, mas
findo aquele momento à frente tu seguirás
- Simão Pedro, tu me amas?
- Sim Senhor, Tu sabes que Te amo, Te dei a
minha vida e sempre Te amarei
- Pedro, tu me amas?
- Sim Senhor, Tu sabes que Te amo
- Apascenta as minhas ovelhas
Deixa sentir-te que és Pedro
E à frente tu seguirás


Top Letras de Cancioneiro Espirita

  1. A Caminho de Belém
  2. O Parabéns Espírita
  3. Obesidade Moral
  4. Alma Divina
  5. Belo
  6. Gira, Girassol
  7. Espírito
  8. Nova Era
  9. Apascenta As Ovelhas
  10. Agradecer

Pela Web