Letras Web
Cabeça de Tuia

Lampião

Cabeça de Tuia

5 acessos

Lampião
Não temia não
Lampião
Não temia não

Não era ladrão nem vagabundo
Não era um ilustre cidadão
Mas rei destemido do seu mundo
O maior bandoleiro do sertão

Lampião
Não temia não
Lampião
Não temia não

Não sei se lutava por dinheiro
Ou se guerreava por amor
Bandido, heroi ou justiceiro
Motivo de festa e horror

Lampião
Não temia não
Lampião
Não temia não

De um lado foi gente que sorriu
Do outro lamento, choro e dor
No mundo a guerra assim surgiu (bis)
Nordeste, o cangaço se acabou
Se acabou...

Lampião
Não temia não
Lampião
Não temia não.


Top Letras de Cabeça de Tuia

  1. Furunco Sem Olho
  2. Cnibais Urbanos
  3. Canto da Lua
  4. Lampião

Pela Web