Letras Web
C. Cueca

A Conversão

C. Cueca

8 acessos

Nenhum remédio ou entorpecente
Nada que me faça viver no passado
Que me obrigue a morrer no presente
Nada que me faça deduzir-me um fracassado

Poesia...

Pra não me sentir remanescido em meio a multidão
Estar no deserto, resistir a miragem e evitar a própria decomposição

Poesia, vem ...
Poesia fortaleça!
Poesia, vem...
Poesia de mim não se esqueça!

Nenhum remédio ou entorpecente
Nada que me faça viver no passado
Que me obrigue a morrer no presente
Nada que me faça deduzir-me um fracassado

Poesia...

Pra não me sentir remanescido em meio a multidão
Estar no deserto, resistir a miragem e evitar a própria decomposição

Poesia, vem ...
Poesia fortaleça!
Poesia, vem...
Poesia de mim não se esqueça! (2x)


Top Letras de C. Cueca

  1. A Conversão

Pela Web