Letras Web
Barrako 27

De Cabeça Erguida (feat. Dj Guze)

Barrako 27

12 acessos

De cabeça erguida, de cabeça erguida
Esta cultura é a nossa vida
De cabeça erguida (x6)
Barrako está de volta às ruas de bomba na mão!

Speg:
Quem diria que após o infortúnio nós voltaríamos a esta vida,
Vossa companhia, nossa terapia, continuamos em sintonia.
B27, DJ Guze, certamente não há quem nos acuse,
Não fazemos nada com baixa qualidade, nem com falta de atitude.
Parece impossível, mas há gajos que não se importam,
Palavras que soltam pela boca fora e que para trás não voltam.
E para mentes lentas, é mesmo como dizia o outro,
Se a palavra é de prata então o silêncio para eles devia ser de ouro.
Tentam fazer deste movimento, uma grande telenovela,
Esta vida é tão bela nós é que teimamos em dar cabo dela.
Em vez de nos andarem sempre a tentar criticar,
Façam como nós e tentem fazer algo para poder mudar.
Porque é a fome que faz o lobo sair de dentro do mato,
Se não te fazes a ela, a vida faz-se a ti e isto é um facto.
Com tantas situações a fazerem-nos uma enorme azia,
Nós continuamos a querer o bolo todo, não queremos só uma fatia.

Refrão (x2)
Regressámos para os nossos manos (De cabeça erguida)
Juntos caminhamos lado a lado (De cabeça erguida)
Contra tudo e contra todos (De cabeça erguida)
Esta cultura é a nossa vida, não temos alternativa
Refrão 2 (x2)
Estamos cá, de cabeça erguida,
Estamos cá, a sentença já foi lida.
A nossa gera espera a puta da revolução,
Barrako está de volta às ruas de bomba na mão.

A verdade é uma: quantos cá chegarão,
aos 43 anos de idade, de microfone na mão?
Essa verdade dói, não critiques, constrói,
Indescritível este amor que nada nem ninguém destrói.
Esta cultura que perdura (é a salvação)
Faço do meu passado a luz para te guiar irmão.
Se não crês, não ouças, não sigas, posso ser um mau profeta,
Não vês são poucos como eu, têm a porta aberta.
Ódio, amor, não se agrada a gregos e troianos,
Recebemos amor e vai amor para os nossos manos.
Palavras vossas reflectidas nas minhas lágrimas,
Palavras minhas também reflectidas nas vossas lâminas.
Gratuito o ódio, não grito pelo pódio (jamais)
Pela cultura hip hop e seus ideais.
2010 nova vaga, sentimentos líricos,
É o caralho sempre na boca desses críticos.

Refrão (x2)
Regressámos para os nossos manos (De cabeça erguida)
Juntos caminhamos lado a lado (De cabeça erguida)
Contra tudo e contra todos (De cabeça erguida)
Esta cultura é a nossa vida, não temos alternativa

Não temos alternativa (x3)
Estamos cá, regressámos para os nossos manos (x3)
Barrako está de volta às ruas de bomba na mão


Top Letras de Barrako 27

  1. Meras Palavras Raras
  2. Dança Dos Vandalos
  3. Enfeitiçado Pela Quimica
  4. Donos do Talho
  5. 27 a Sentir
  6. Abraço Forte
  7. O Despertar
  8. Mc's da Moda
  9. Eu Quero a Liberdade Jah
  10. Pop Trolha de Valbom

Pela Web