Letras Web
Alberto Trabulsi

Anestesia

Alberto Trabulsi

3 acessos

Custava nada tentar
Ter um amor transparente
Cor de aguardente gin
Eu quis me embebedar
Da palavra eternamente
Crente que não tinha fim

A dor
Rígida mola
Que susta a cartola
De onde jorra alegria
O medo frio e austero
Vem como fogo de Nero
Ser sempre mais que devia

(Repete)

(Refrão)
Meio verdade
Meio mentira
Um terço de ira
Num todo de dor
De claridade
De fantasia
Anestesia
Pra falsa alegria do amor.


Top Letras de Alberto Trabulsi

  1. Ai, Wilson Vai!
  2. Louca de Pedra
  3. Um passo para a eternidade
  4. Anestesia

Pela Web