Letras Web
Afoxé Oyá Alaxé

Quilombo Axé (Dia de Negro)

Afoxé Oyá Alaxé

162 acessos

Eu vou pegar minha viola (eu vou)
Eu sou um negro cantador
A negra canta deita e rola
É na senzala do senhor
Vou toca fogo no engenho meu pai (eu vou)
Aonde o negro apanhou
Mais canta aí negro Nagô
Mais dança aí negro Nagô
Negro nagô (BIS)

Irmãos e irmãs assumam sua raça assumam sua cor
Essa beleza negra Olorum quem criou
Vem pro quilombo axé dançar o Nagô
Todos unidos num só pensamento levando a origem desse carnaval desse toque colossal
Pra denunciar o Racismo
Contra o Apartheid Brasileiro
13 de Maio não é dia de negro (BIS)
13 de Maio não é dia de negro
quilombo axé colofe colofe colofe Olorum

Irmãos e irmãs assumam sua raça assumam sua cor
Essa beleza negra Olorum quem criou
Vem pro quilombo axé dançar o Nagô
Todos unidos num só pensamento levando a origem desse carnaval desse toque colossal
Pra denunciar o Racismo
Contra o Apartheid Brasileiro
13 de Maio não é dia de negro
13 de Maio não é dia de negro (BIS)
Quilombo axé colofe colofe colofe Olorum


Top Letras de Afoxé Oyá Alaxé

  1. Oyá, Mulher Forte
  2. Quilombo Axé (Dia de Negro)
  3. Ariwo Yabá Jinguim

Pela Web