Letras Web
Adilson Medeiros

Festa No Paraíso

Adilson Medeiros

13 acessos

Me diga seu doutor se eu fiquei no prejuízo
Eu tirei uma soneca e acordei no paraíso(bis)
São Pedro abriu a porta apertou a minha mão
Falei com meu padre Ciço me benzeu Frei Damião
Olhei Maria bonita me perguntou Lampião
E aí cabra-da-peste como vai o meu sertão
Ouvi um vozeirão era Galego aboiador
Fazendo verso mais Pinto na frente do Criador
Chacrinha se apresentava no teatro do Senhor
Mais Lindú Gogó de ouro e Zé Pacheco tocador

Me diga seu doutor se eu fiquei no prejuízo
Eu tirei uma soneca e acordei no paraíso(bis)

Vi Jackson fazendo ritmo com um pandeiro na mão
Sivuca fazia acorde que a lua brilhava o chão
Foi chegando Marines, Gonzaguinha e Gonzagão
Vi acender as estrelas na voz do rei do Baião
Perguntei a São João que veio logo me avisar
Nessa festa ninguém bebe nem também pode dançar
Na festa do meu Senhor se mostra o dom que ele dá
Se a arte nunca morre o dom não pode se acabar.

Top Letras de Adilson Medeiros

  1. Rainha do Cariri
  2. Festa No Paraíso
  3. Forrozando Em Serra Branca
  4. Azulão
  5. Alegria de Rio
  6. Ninguém Pára Meu Forró

Pela Web