Letras Web
A Tarde De Sua Ausência

Lamentações

A Tarde De Sua Ausência

2 acessos

Lamentações!
Lamentações!
Lamentações!
Lamentações!

Não está sendo o que eu sempre quis que você fosse
Sua fé só irá até onde você pode ver!

Quando irá parar de sofrer?
Quando irá parar de lamentar?
Quando irá parar de sofrer?
Quando irá parar de me sufocar?

Murmurações!
Murmurações!
Murmurações!

Regue o amor, sempre tenha fé!
Regue o amor, sempre tenha fé!
Regue o amor, sempre tenha fé!
Regue o amor, sempre tenha fé!

Mal a noite caía, ela chorava e dizia:
Aqui jaz a última gota de meus lamentos e dores
Seu olhar sereno já me revelava
Uma casa, seu temor, sua ferida, uma dor
Que sejas guiada não pelas magoas
mas pela destreza de tuas mãos
Como a chuva avermelhada que caía de teus olhos
e consumia aos poucos suas palavras
Se esse mar há de me levar
que seja no deleite de teus braços
Se esse amor vai me levar
que seja pra longe de minhas

Lamentações!
Lamentações!

Enquanto eu chorava enxugava as lágrimas
Agora eu entendo o porque de estás aqui
Te peço um segundo no meu mais profundo
Ainda me dói sua falta!


Top Letras de A Tarde De Sua Ausência

  1. Lamentações

Pela Web