Ozéias de Paula

Eu Era Assim

Ozéias de Paula

Quando cristo voltar
Achará paz aqui
O mundo pior está
Sem Deus e sem salvação
Todos andando perdidos
Eu era assim

Eu era assim, eu era assim
Sem conhecer a Jesus
Eu era assim

Como vento que sopra
Em qualquer direção
Vagando sem rumo andei
Sem pousada nem guarida
Não há aceitando a chamada
Eu era assim

Como as ondas do mar
Não se acalmam um instante
Sem paz corri sem parar
Voltei com as mãos vazias
Cansado de tanto vagar
Eu era assim

Curte essa música? Espalhe nas redes sociais!

Recomendado para você

Curtiu? Deixe seu comentário!