Letras Web
Odisseia Das Flores

Não Não Não

Odisseia Das Flores

7 acessos

Respeito mutuo assim que tem que ser
Entre você, família, marido, filho, amiga
No trabalho, no transito (brum) na pura calma tia
Há mille anos na corrida não se de por vencida

Eu sei que é complicado, também
Você amélia dentro de casa e ele nem vem
Cercado de mulher em seu harem
Interesseira, dissimulada é o que mais tem

Infelizmente o machismo continua tão presente
Por incentivo de muitas mulheres que querem ser só atraentes
Tipo objeto de vitrine pra ser consumido
Usar a bunda no lugar do cérebro, só quer viver disso

Não falo nada, aplaudo quem ta na batalha
Mais do que uma luta precisamos nos informar
Pra poder atuar
130 tecelãs morreram carbonizadas,
Por reivindicarem seus direitos e uma vida igualitária

Na sonoridade do ré mi fasó não está
La si estou aqui andari mistura madri terezi
Indira ghandi, chica da si, joana darki
Ana garibaldi, igualdade lutaremos até o fim!!

Eis me aqui, citei varias guerreiras sim
Exemplo de força e coragem sem jamais desistir
Resistir é levantar mais que cair
Mulher pensante, cidadã, rapper vou seguindo assim...

Não não não preciso rebolar pra ter ibope
Não não ser a miss simpatia pra ter nome
Não julgue o livro pela capa do que vê
Pois nem tudo é aquilo que parece ser

Vou que vou seguindo no meu flow daquele jeito
Eu vou respeitando pra poder ter o respeito
No som varias minas representam e tem talento
Com ideias construtivas, atitude e conceito.

Eu não sou top, nem muito menos a boa gostosa
Só agora percebeu que a minha postura te incomoda
Falar que importa é bom, palavras belas conforta!
Meus pés sempre no chão, cada momento sua hora

E mostra que a razão está do seu lado, se deixar até aposta
Esse som aí ta bom? ouve aí e vê se gosta
Escute a nossa proposta levar a rima
Sente é de coração está feita a obra-prima

Ter vivência de mulher, em carcaça de menina
Cada teste que vier fortalece só anima
Por isso tenho fé, afasto quem desestima
Subestima a minha auto-estima

A moeda tem dois lados cara ou coroa
Tem quem tem duas faces vai de pessoa a pessoa
Sinceridade é esculachar, então deixa pra lá
Nunca será esquecida se positiva a critica for

Quero andar para frente não para traz, por favor,
Jah está com a gente guia nosso senhor
Proteção aqui ali, em qualquer lugar, vou que vou
Escudo invisível, mas sempre iluminado

Os desacreditados ficaram impressionados
Odisséia criando letrado pesado, não é sarcasmo
Rebolar pra ter ibope pra que nem preciso
Fico com meu sorriso ganho muito com isso, retorno é recíproco

Exibicionismo levantou seu ego,
Qual será o mais novo traseiro de sucesso
Foi tão propicio achar remédio, pra curar seu tédio
Repudio no verso

Manipulada mais desejada pela massa,
No próprio espelho você é a escrava
Individuo no seu individualismo, triste vê pensamentos tão submissos
Se você quiser escrever eu dito, abaixo ao moralismo

É que seu cinismo envergonha uma nação de heroínas
O regresso de comportamento contamina
De a sua liberdade a africanas mutiladas sem vidas
Que levam consigo amarguras que nunca serão esquecidas

Aqui as ruas são luminosas o sol traz a aurora
Pela manhã posso ver o despertar das rosas
Me movo, pulo escuto, canto em deus eu acredito.
Observo e reflito, penso logo existo

Pra quem se faz de cego, surdo e mudo
A cada passo dessa odisséia
Evoluo e construo,
Evoluo e construo

Top Letras de Odisseia Das Flores

  1. Não Não Não

Pela Web