Letras Web
O Mandruvá

Zona de Conforto

O Mandruvá

5 acessos

Não me venha com esses absurdos,
Essa vida horrorosa que você bem quer
Se privando na sua verdade,
Abaixando a cabeça dando um “migué”

Não é justo omitir sua vida de angústia,
Enganando a si mesmo, foge e dá no pé
Reprimir sua vontade é ficar no escuro,
Em cima do muro e faz o que não quer
Tem medo de emoções, em dias de trovões, fazendo orações
Fica na zona de conforto do seu bem estar
Noites de escuridão, em dias de apagão, fica com medo de assalto...

Seu passado de recalque imprime o seu agora,
Não demore muito tempo pra se libertar
Dessa vida retraída cheio de receios,
Autoflagelolouco pra falar palavrões, pirações, nem que seja uma vez por mês
Discussões, subversões, jogue fora os seus medos não, seja freguês
Sem medo de emoções, cante várias canções, encante corações...
Saia da zona de conforto do seu bem estar
Noites de solidão e nos dias de cão, abra janela e grite alto!
Toque o foda-se ao menos uma vez!

Top Letras de O Mandruvá

  1. Atitude
  2. Cordelcore
  3. Dia de Laje
  4. Retrospectiva
  5. Zona de Conforto
  6. Tormento
  7. Informação
  8. Ter Pra Ser
  9. Saravá Guerreiros

Pela Web