Letras Web

Netflix deve lançar novo documentário sobre Britney Spears.

Notícia surgiu depois do sucesso de "Framing Britney Spears".

O documentário "Framing Britney Spears", produzido através de uma parceria entre o The New York Times e o Hulu, acabou causando uma grande repercussão na internet, tanto entre os fãs quanto entre os famosos. O filme trata especialmente do assunto polêmico relacionado a tutela do pai diante dos negócios da cantora. Agora, tudo indica que outra grande empresa quer contar a história da princesinha do pop.

Netflix deve lançar novo documentário sobre Britney Spears.

De acordo com as informações que foram divulgadas pelo site Bloomberg, a Netflix também estaria interessada em contar um pouco dessa história. De acordo com a publicação, a gigante do streaming estaria interessada também no formato documental, que seria dirigido por Erin Lee Carr, especializada em séries documentais sobre crime.

Ainda de acordo com a publicação, a empresa já teria dado sinal verde para a produção antes mesmo do lançamento do documentário do The New York Times e do Hulu. O título e a data de lançamento ainda não foram divulgados.

Enquanto isso, o documentário "Framing Britney Spears" segue gerando uma série de repercussões entre artistas e celebridades, sendo que a maioria deles lamentando tudo o que aconteceu com a cantora. Recentemente, Justin Timberlake utilizou suas redes sociais para pedir desculpas pelo seu comportamento na ocasião do fim do seu relacionamento.

Netflix deve lançar novo documentário sobre Britney Spears.

Em suas redes sociais, Timberlake postou uma carta aberta não só para a Princesa do Pop, como também para Janet Jackson, por não ter defendido a estrela após a cobertura da apresentação dos dois no Super Bowl, em que um problema com o figurino fez com que Jackson ficasse com os seios à mostra.

"Eu tenho visto as mensagens, as tags, os comentários, as preocupações e quero responder. Eu lamento profundamente pelas vezes na minha vida em que minhas ações contribuíram para o problema, quando falei demais ou quando não falei pelo que era certo. Eu entendo que fiquei aquém nesses momentos, e em muitos outros, e me beneficiei de um sistema conivente com a misoginia e o racismo.

Eu quero me desculpar especificamente com Britney Spears e Janet Jackson individualmente, porque eu me preocupo e respeito essas mulheres. E sei que falhei.

Também me sinto compelido a responder, em parte, porque todos envolvidos merecem algo melhor do que isso e, mais importante, porque essa é uma conversa da qual eu quero fazer parte e amadurecer, de coração.

A indústria é imperfeita. Ela define homens, especialmente homens brancos, para o sucesso. É estruturada desta maneira. Como homem em uma posição privilegiada, eu tenho que falar sobre isso. Devido a minha ignorância, eu não reconheci isso enquanto estava acontecendo na minha própria vida, mas não quero me beneficiar de outras pessoas sendo puxadas para baixo de novo.

Eu não tenho sido perfeito ao navegar por tudo isso na minha carreira. Eu sei que esse pedido de desculpas é um primeiro passo e não absolve o passado. Eu quero assumir a responsabilidade por meus passos em falso, assim como ser parte de um mundo que eleva e apoia. Eu me importo profundamente com o bem-estar das pessoas que amo e amei. Eu posso fazer melhor e vou fazer melhor", escreveu ele.

Postado na seção Notícias em 16/02/2021 às 13:03.

Últimas notícias

As mais acessadas


Pela Web