Letras Web

Mulher retira acusações de assédio contra integrante do 5 Seconds of Summer

Michael Clifford já tinha afirmado, em suas redes sociais, que as declarações eram falsas.

Uma mulher que acusou o guitarrista da banda 5 Seconds of Summer, Michael Clifford, de ter assediado ela quando ainda era menor de idade, voltou atrás e retirou as acusações. As informações foram divulgadas pela imprensa internacional.

Mulher retira acusações de assédio contra integrante do 5 Seconds of Summer

A acusação foi feita através de um perfil criado no Twitter com o nome Sophie (@sophiecth5). De acordo com as postagens feitas, o assédio teria acontecido no ano de 2014, depois que a banda teria aberto um show do One Direction. O perfil acabou sendo deletado depois que a acusação ganhou repercussão.

Agora, um novo perfil, supostamente criado pela mesma mulher, alega que houve um engano nas acusações e que o Clifford é inocente. Em uma nova leva de tuítes postados nesta segunda-feira (16), a conta identificada agora como @sophiectth5 diz que o guitarrista "nunca a tocou" e que descobriu que na verdade seu assediador, muito parecido com o músico, "já está morto".

"Por anos e anos, eu estava convencida de que essa pessoa era o Michael Clifford, do 5SOS. Eu não conseguia nem escutar às músicas deles sem me sentir mal", escreveu ela em parte do texto.

Mulher retira acusações de assédio contra integrante do 5 Seconds of Summer

"Hoje, algo absolutamente inesperado aconteceu. Algo que pareceu ridículo o início, mas todo esse 'e se' fez com que eu e minha família procurássemos por toda a verdade. Hoje, descobri que estive errada por quase 7 anos. Descobri que meu assediador está morto. Ele não é o Michael Clifford, que nunca me tocou, nunca disse aquelas coisas para mim. Ele é inocente", continuou, em referência ao guitarrista.

"Eu sei que não há literalmente nada que possa dizer para mudar o que disse ontem, e queria, com todo o meu coração que houvesse um jeito de apagar tudo. Tudo que posso fazer é dizer que estou completamente arrependida, surpresa e de coração partido. Eu preciso dar início a uma trilha em busca da cura do zero novamente. Mas isso não é o importante aqui: Tudo que quero dizer é que sinto muito, Michael. Sinto muito por ter errado sobre você e pelos danos que causei", acrescentou.

Tanto o músico quanto o empresário da banda, Adam Wikinson, já haviam afirmado que tal fato nunca teria acontecido e que a situação descrita pelo perfil da acusadora teria sido impossível de acontecer.

Postado na seção Notícias em 17/06/2020 às 16:37.

Últimas notícias

As mais acessadas


Pela Web