Letras Web
Kazzama

Destino da Gente

Kazzama

7 acessos

Eu já rasguei as cartas que escreveu
E queimei as fotos que me deu
Se está sofrendo o azar é teu,
Foi você que quis o fim.

Você zombou, mentiu pra mim.
Me magoou como eu sofri,
Agora estou legal, encontrei um outro alguém.
Que me ama de verdade, não me vê como um menino,
Hoje a felicidade no meu peito fez abrigo.


Nunca ninguém vai te amar como eu te amei
Ninguém vai se dedicar como eu me dediquei
O destino da gente a gente que faz..
Diz que vai ser feliz, sem meu amor, sei que não vai...


Top Letras de Kazzama

  1. Destino da Gente

Pela Web