Letras Web
Guigan

Suave

Guigan

2 acessos

Guigan
Guigan
Guigan Guigan
É, tô forgando né
Tô forgando

Suave
Meus raps tocando nas naves
As minas colando no baile
Preto chic monaipe
Na favela de falquera
Mó chave
Aceita
Os pretos representa
Recalque não aguenta
Levanta cedo
Faça o seu
E não se lamenta

Hoje tô forgando
Ontem tava lutando
Se soubesse dos corre louco
Que luto e faço a “mili” ano

Tô desempenhando correria do dia a dia
Luto pelo cifrão
Doutrina que herdei da minha família

Com 16 da quebrada já parti
17 perdi irmão
Parceiro
Vou citar ele aqui!

Moleque marrom
Sorriso era bom
Bandoleiro era o dom
Tim Maia era o som
Um verde do bom
Sempre curtindo um rap bom
Que tempo bom
De coração

Enorme minha inspiração
Um grande homem
Tenho orgulho de decorar meu peito com o seu nome
Sonhador demais
Quem desistiu ficou pra trás
Desistir jamais
Grito de guerra dos ancestrais

Longa jornada tio
Mais de 20 anos
Demorou, mas chegou
Não foi fácil...
Batalhei, venci
Continuo lutando
Os bico fica só fitando
Achando que eu tô roubando
Só porque eu tô o torro
E também... Tá ligado, tô forgando
Tá vacilando (vai vendo)
Enquanto eu tô trampando
Zé povinho é foda, é mato, tipo coisa
Fica julgando e castelando

Suave
Meus raps tocando nas naves
As minas colando no baile
Preto chic monaipe
Na favela de falquera
Mó chave
Aceita
Os pretos representa
Recalque não aguenta
Levanta cedo
Faça o seu
E não se lamenta

Não se lamenta, tio
Não se lamenta, tio
Não se lamenta, tio

Guigan

Firmeza Chico Belo, Dona Rute
Obrigado família

Guigan

Suave
Meus raps tocando nas naves
As minas colando no baile
Preto chic monaipe
Na favela de falquera
Mó chave
Aceita
Os pretos representa
Recalque não aguenta
Levanta cedo
Faça o seu
E não se lamenta


Top Letras de Guigan

  1. Suave

Pela Web