Letras Web
Grupo Feira Livre

Beira do Rio

Grupo Feira Livre

6 acessos

Morar na beira do rio sempre foi minha vontade
Pra realizar alguns sonhos que ficaram na saudade
Ser moleque ribeirinho, bom de briga e nadador
Do caíco o comandante, por ser o melhor remador

Acordar de manhã cedo, café com bolacha Maria
Cuscuz com leite de vaca, e uma sobra de ambrósia
Depois tratar a cabrita, dar o milho pras galinhas
Deixar lavagem pros porcos e a mandioca pra vaquinha
Ai, ai, morar na beira do rio
Ai, ai, sempre foi minha vontade

Só aí ganhar o mundo com uma funda no pescoço
Bolso cheio de pinicas, revólver feito de osso
Encontrar a gurizada na pelada do campinho
Voltar "jogando" corrida com os piás pelo caminho
Ai, ai, morar na beira do rio
Ai, ai, sempre foi minha vontade

Chegando a hora do almoço, aipim frito com lingüiça
Arroz branco e feijão preto e também batata frita
Quando saía da mesa o meu pai logo dormia
E eu ia arrancar minhoca pra próxima pescaria
Ai, ai, morar na beira do rio
Ai, ai, sempre foi minha vontade

Á tarde pegava os livros e ia a escola aprender
Era lá que a professora me ensinava o abc
Fim de tarde chegava em casa, "tava" o pai com o violão
Cantando com a mãe na cozinha entre um e outro chimarrão

E a noite a família sentada junto a mesa do jantar
Contando o dia que foi, esperando o que vai chegar
Contando o dia que foi, esperando o que vai chegar

Ai, ai, morar na beira do rio
Ai, ai, sempre foi minha vontade
Ai, ai, morar na beira do rio
Ai, ai, sempre foi minha vontade


Top Letras de Grupo Feira Livre

  1. Morro Ferrabraz
  2. Os Ipês da vila Rosa
  3. Trem na Curva
  4. Beira do Rio
  5. Meu Rumo
  6. Amigos e Baratos

Pela Web