Letras Web
Grupo Campeirismo

Enchendo a Alma de Vaneira

Grupo Campeirismo

36 acessos

Fim de semana dou uma alisada na estampa
Vejo a tarde que descampa como quem convida um taita
Pra um baile bueno daqueles da moda véia
Que o índio clareia a idéia ouvindo toque de gaita

Meio de longe ouço da gaita um gemido
Num rancho de chão batido pra diante de encruzilhada
Entro na porta peço uma pro gaiteiro
E jogo o laço certeiro na china mais cobiçada

Encilho a noite numa bailanta cuiuda
Nos braços de uma crinuda, a mais linda do rincão
Me vou pra sala quando ronca a botoneira
Encho a alma de vaneira e de amor o coração

Fim de semana dou uma alisada na estampa
Vejo a tarde que descampa como quem convida um taita
Pra um baile bueno daqueles da moda véia
Que o índio clareia a idéia ouvindo toque de gaita

Não perco a vaza nem jogo conversa fora
Sei que qualquer china adora macho que sabe o que quer
Aparto a dedo qualquer uma não me agarra
Só amanheço na farra que tenha gaita e mulher

Encilho a noite numa bailanta cuiuda
Nos braços de uma crinuda, a mais linda do rincão
Me vou pra sala quando ronca a botoneira
Encho a alma de vaneira e de amor o coração


Top Letras de Grupo Campeirismo

  1. Enchendo a Alma de Vaneira

Pela Web