Letras Web
Grupo Alvo X

Deixa Falar

Grupo Alvo X

3 acessos

Deixar falar
Tá rindo rindo du que?
Pra quem?
Deixar de ser besta saia de frente da tv
Não percebe que ela te faz
Programas alucioanados comediantes sagaz
Senta no sofá e olhe para tela/ comente sobre seriados e novelas
E seje mais um parasita/ escravo da mídia
Dê ibope para globo/ junte -se com os tolos/ babi ovo
De cantores atores/ jogue flores
Peça autografo/ atenção posi pra foto
Lucro por empesrio pro logísta / moleque se indguina/ por não ter o brinquedo que tão queria
Longende da realidade mas perto dos sonhos/ pequenas mãozinhas fecha os punhos para abandono
Sangue vermelho na caneta de de quem rima/ de quem aguarda espera na diciplina
No palco manda bala/ dispara/ sem trava/ não cala/ meil e umas palavras direcionadas para quebrada
Uma alivio, uma luz/ que reluz conduz
Pelo caminho/ repleto de espinho
Descendo ao covil dos lobos das tetras/ ovelha negra/ quebra cabeça
Puderá acabar com a minha íra/ nunca mais me envolvia com certas fitas
Foda é saber que sou que sou descartavel/ memoravel
Que nada nada/ seria menos uma na quebrada
Sum dia de luto/ festas pros putos
Que nã o gostam de mim/ vermes que planejam meu fim
Inimigos até o osso/ se é para ser assim não pagarei de bom moço!
Deixa falar deixa dizer
Que logo mais eles vão so rer
Deixa falar deixe dizer
Que logo mais eles vão si fu-de
Se tem o dom invista/ logo mais estará com a cara estampada da revista / deixará a favelinha pra viver no meio de artista
Celebidade, distaque, classe!
Sucesso em bilheteria/ quem diria/ mais talento que brota da periferia
Badalação posi para foto/ o preto no foco/ filas e flias pra pedir autografo
Conintes vips/ aparerição em videos clips
Em programação de auditório/ preto é ou não o foco
Finalmente a tela ganha um rosto preto/ como protogonista e não como ladrão suspeito
Alguém para molecada se espelhar diferente da antiga/ aonde o negro pouco apareceia/ só servia
Para ser a domestica o escravo o capataz/ até hoje somos postos pra correr de atras
Omissos/ vivendo em cortiços
Não me ludo com sbt e a globo/ aqui ninguem é bobo
Não vamos aceitar migalhas/ queremos o ouro e a plata
Em cada beco em cada viéla/ haverá um irmão pronto pra guerra
Prontos pra lutar pelos nossos ideais/ sem justiça não haverá paz
As correntes até hoje marcaram nos punhos/ de quem sofreu nos pores escuros
Sou negro sou favela/ sou zumbi sou nelson mandela
Não fui no livro da escola que aprendir sobre meu povo/ o pouco que sei ouvir da boca dos outros
Mas, alvo x ta ai/ para que quiser ouvir
Lutando pela classe/ em prao de justiça e liberdade
Deixa falar deixa dizer
Que logo mais eles vão so rer
Deixa falar deixe dizer
Que logo mais eles vão si fu-de
Não vem pagando uma/ se não for porra nenhuma /conjuntinho da nick da puma/ pega tudo isso e enfia na bunda
Foda-se você, você!
Que gastá tudo o que tem que deizxa de comer para se vestir/ nossa cara não é essa ai/ viemos para somar e não diminuir
Não é um pedaço de pano/ que faz um mano
E sim sua ideias e o que representa/ a gente ver quem é quem quando a chapa esquenta
Em cima do palco sigo a minha conduta/ não abaixo a cabeça para nenhuma fia da puta
Qur falar mal então que fale/ o resto da minha comunidade é o que vale
Ser a pedra no sapato / di fato
Abolição/ o fim da exploração
Do trabalho escravo
Da mão mao de obra barata/ viémos no peito e na raça/ hip hop é a cara
Estilo de ser maneira de agir/ du jeito que as ideias tem de fluir
Um trampo social resgate da auto esstima/ superação lição de vida / a volta por cima
Então não se iluda não se engane/ não misture rap com funk
Protesto e atitude não se mistura com bunda/ aqui é rapper véio navegação que não afunda
Deixa falar deixa dizer
Que logo mais eles vão so rer
Deixa falar deixe dizer
Que logo mais eles vão si fu-de


Top Letras de Grupo Alvo X

  1. Mario Quintana
  2. Liga Nois
  3. Deixa Falar

Pela Web