Letras Web
G.R.E.S. Arranco do Engenho de Dentro

Samba Enredo 1989 - Quem Vai Querer?

G.R.E.S. Arranco do Engenho de Dentro

61 acessos

Chegou o carnaval
Sou liberdade nesta avenida
Meu canto é o grande astral
Desmascarando a própria vida
Na dança me embalei
A contra-dança é a magia
E no avesso que criei
Você pode ser o rei desta folia!

Vem, vem me querer...
Eu acendi a luz da sedução
Quem, quem vai querer
Ser mais um elo na corrente da ilusão?

A terra não deixou matar a flor
O índio conquistou a caravela
Ai, amor, amor!
Vem ser a dama da noite mais bela!
O craque vende o cartola
O réu condena o juiz
A mulata deita e rola,
Na inversão do meu país

Enquanto há samba
A festa continua!
Canta meu povo
Que a avenida e sua


Top Letras de G.R.E.S. Arranco do Engenho de Dentro

  1. Samba Enredo 1989 - Quem Vai Querer?
  2. Samba Enredo 1998 - A lenda do Aguapé, na tribo do Yacaré
  3. Samba Exaltação - Versão Atualizada
  4. Samba Enredo 2005 - Quem Vai Querer?
  5. Samba Enredo 1977 - Príncipe do Efã
  6. Samba Enredo 2000 - Brasil, 500 anos em três raças
  7. Samba Enredo 2007 - Sinfonia Brasileira Das Quatro Estações
  8. Samba Exaltação - Versão Original
  9. Samba Enredo 2002 - Feira de São Cristóvão
  10. Samba Enredo 1974 - Estrela Dalva

Pela Web