Letras Web
Giulia Brys

Não Podia Te Ter

Giulia Brys

2 acessos

Em uma noite a lua me disse
Que eu nã£o podia ter
Oque eu quiser
Nem te conhecia
Mas eu jã¡ sofria
O meu coraã§ã£o sabia
Que eu nã£o podia te ter

Macarrã£o, seu apelido
Seu cabelo enrolado
Eu gostava pra caralho
Do seu beijo e seu olho claro
Do seu olho claro

A gente virou amigo
Voc㪠me chamava de boneca
E oque eu mais adorava eram as tardes de bicicleta
Eu nã£o podia te ter

Em uma noite a lua me disse
Que eu nã£o podia
Ter oque eu quisesse
Minha cabeã§a rodava
Quando a gente brigada
E eu nã£o entendia
O porquãª
Eu nã£o podia te ter

Macarrã£o seu apelido
Seu cabelo enrolado
Eu gostava pra caralho
Do seu beijo e seu olho claro (do seu olho claro)

Voc㪠ficou convencido
De que nã£o era o suficiente
Ficou com uma vadia e veio dizendo
"Amor eu tava carente"

Nã£o me venha com histã³rias
Nem meias palavras
Sai da minha frente


Top Letras de Giulia Brys

  1. Não Podia Te Ter

Pela Web