Letras Web
Gilmar Montana

Rosa de Hiroxima

Gilmar Montana

7 acessos

Os mortos continuam os mesmo
Esquecidos na saudade esperam o amanha
A noite brilha a luz de velas
Sintonia mais perfeita de um futuro incerto

Nadar nos rios de outro jeito
Achar tesouros escondidos
Aonde o ar é rarefeito
Aonde sou seu anjo amigo

As flores nascem no deserto
E sei a mais bela resistiu a tudo
Sobrevivendo ao seu próprio inferno
O dom que Deus te deu
Deu esperança ao mundo

O céu brilhou naquela noite
Com a promessa da reconstrução
Abrindo os olhos dos covardes
Mostrando a luz na escuridão

A vida não passou de um sonho
Pra todos a uma historia em livros pra contar
Nem tudo que parece frágil
É igual à porcelana fácil de quebrar


Top Letras de Gilmar Montana

  1. Rajadas de Fogo
  2. Rosa de Hiroxima

Pela Web