Letras Web
Genival Lacerda

Tenente Bezerra

Genival Lacerda

37 acessos

Quando o Tenente Bezerra
Chegou em Angico e matou Lampião
Eu tava no bando seu moço
Eu era criança e prestei atenção

Eu nasci muito pobre
Não sei quem é meu pai
Não conheço o irmão
Mas fui criado com ele seu moço
Até que acabara a função

Hoje eu nem sei atirar
Nem me interessa isso não
Mas aprendi a xaxar
E me formei num baião

Baião, ô ôôô Baião
Baião, ô ôôô Baião

Toque a sanfona que eu quero xaxar
Bate, bate zabumba que eu vou me espalhar, viu?
Toque a sanfona que eu quero xaxar
Bate, bate zabumba que eu vou me espalhar


Top Letras de Genival Lacerda

  1. De Quem É Esse Jegue
  2. Mate O Veio
  3. Guriatã de Coqueiro
  4. O gato Tico
  5. Severina Xique-xique
  6. Galeguim do Zoi Azu
  7. Radinho de Pilha
  8. Seu Reverendo
  9. Bandinha do Macaco
  10. O Chevette da Menina

Pela Web