Letras Web
Genival Lacerda

Radinho de Pilha

Genival Lacerda

80 acessos

Fui Pra Cidade Do Rio De Janeiro, Trabalhei O Ano Inteiro E Fiz Ate Serao,

A Vida Do Paraíba Nao Foi Brincadeira,

De Servente, De Pedreiro Pra Ganhar O Pao

Fiz Economia, Deixei De Fumar, Comprei Um Radio De Pilha E Mandei Pro Meu Bem

Fiquei Muito Revoltado Quando Regressei,

O Radio Que Eu Dei Pra Ela, Ela Doou Pra Alguem


Mas Ela Deu O Radio,

Ela Deu O Radio E Nem Me Disse Nada, Ela Deu O Radio

Ela Deu Sim, Foi Pra Fazer Pirraca, Mas Ela Deu De Graca,
O Radio Que Eu Comprei, E Lhe Presenteei,2x


Eu Sou Honesto, Sou Trabalhador,

Mas Nao Gosto De Deboche Com A Minha Cara

Nao Vou Enfeitar Boneca Pros Outros Brincar
Ninguem Vai Pintar O Sete Com Esse Pau De Arara

Eu Nao Tolero Tanto Desaforo,
Tem Mulher Que So Aprende Quando O Coro Desce
Pra Gente Ficar De Pazes Vou Lhe Dar Uma Foba,
Pois O Radio Que Eu Comprei, Todo Munda Ja Conhece


Top Letras de Genival Lacerda

  1. De Quem É Esse Jegue
  2. Guriatã de Coqueiro
  3. O gato Tico
  4. Mate O Veio
  5. Seu Reverendo
  6. Bandinha do Macaco
  7. Apelo de Caboclo
  8. A Brusqueta da Zezé
  9. Severina Xique-xique
  10. Fio Dental

Pela Web